Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Abaixo-assinado Contra Crimes Virtuais, Pelo Direito de Ser Gordo

Para: Delegacias Cibercrimes, Safernet Brasil, Supremo Tribunal Federal, Polícia Federal,Congresso Nacional do Brasil, Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática

Brasil dia 12 de Janeiro de 2011
Com base na Constituição Nacional mediante o Artigo Primeiro que garante a União o estado democrático e no Inciso III- A Dignidade da Pessoa Humana. Assim como no Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil tendo como Inciso I - Construir uma sociedade livre, justa e solidária; e no Inciso IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
Principalmente Baseado no Artigo Quinto que trata particularmente dos Direitos Individuais e Coletivos respeitando sua citação que diz ” Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Destacando seu Inciso V - É assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem e o Inciso X - São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.
Solicitamos ao órgão competente por Crimes Virtuais que remova dos meios de comunicação virtuais conteúdos de cunho discriminatórios para com pessoas Gordas ou de Sobrepeso, Assim como a punição dos autores e demais colaboradores participativos desses materiais. O gordo como também é cidadão da Republica Federativa do Brasil, se encontra garantido por cada um dos artigos e incisos citados a cima, e por tanto capaz de pedir que se cumpram as leis que nos garantem o bem estar, assim como todos os outros grupos sociais que se encontram em caráter de descriminação.
Vivemos em regime de constante apreensão, virtual e física em comparação aos demais membros da sociedade que erroneamente nos chamando de “diferentes” por não apresentarmos características físicas dadas como padrão social. Entendemos que como tais padrões não estão regulamentados em nenhum dos parágrafos da vigente constituição do país, nós cidadãos gordos não estamos ferindo ou transgredindo nenhuma norma ou lei da união, mas sim sofrendo com a falta de aplicação das leis para conosco.
Devida a crescente e deliberada quantidade de conteúdo vexatório nas mídias eletrônicas, pedimos que retirem de circulação todo e qualquer conteúdo que nos desmoralize e manche a imagem do individuo gordo ou de sobrepeso, com nomenclaturas de baixo calão tais quais estão sendo comumente relacionadas a nós, em sites de relacionamento como Orkut, You Tube, Twitter, Blogs e demais mídias.
Ninguém que se encontra em poder de suas faculdades mentais consegue conviver com a idéia de ser menosprezado, humilhado ou perseguido, pelo fato simples de não ter a característica física nomeada como magro. A imposição constante de tais conteúdos nos causa além da intimidação emocional. Esse tipo de conteúdo acarreta em doenças psicológicas que vão desde depressão profunda a paranóia, transtornos de personalidade, passando para o estado físico de enfisemas, úlceras dermatológicas e estomacais, dentre varias outras doenças.
Estão sendo formados grupos organizados para tornar físicos os atos virtuais, a exemplo do Rodeio das Gordas que é um método bastante utilizado nas escolas e instituições de ensino Superior do nosso país. Esses encontros são marcados em redes eletrônicas, pois não há nenhuma medida para impedir a troca de informações.
Por tanto é com a finalidade de pedir que façam valer os nossos direitos de cidadãos brasileiros e mais que isso de Seres Humanos, que pedimos a aplicação das leis a priori citadas para tentar conter o avanço desta onda de ódio destinado a pessoas comuns que vivem sendo atacadas apenas pelo fato de não corresponder à idéia de um corpo perfeito que é inteiramente irreal aos olhos da anatomia humana.



Qual a sua opinião?

Abaixo-assinado Contra Crimes Virtuais, Pelo Direito de Ser Gordo, para Delegacias Cibercrimes, Safernet Brasil, Supremo Tribunal Federal, Polícia Federal,Congresso Nacional do Brasil, Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática foi criado por: Cotidiano Gordo e O Peso do Preconceito .
O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
386 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar