Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Abaixo-assinado Contra Legalização de Drogas - Por um Tratamento Humano Digno e eficiente - Pela Vida - Sem Drogas

Para: Presidente da República Federativa do Brasil; Congresso Nacional do Brasil; Supremo Tribunal Federal;

O Movimento maconha não, juntamente com deputados de todo Brasil -Fenasp - Fórum Cristão de ação social;vem através deste abaixo assinado manifestar apoio incondicional ao movimento Maconha não e ao Corpo de Psicólogo Pró Família Presidido pela Psicóloga Marisa Lobo ,para lutar contra a legalização da Maconha e de quaisquer outras drogas, ou seja, substância psicoativas que venha prejudicar a saúde mental física e social do ser humano.

Dizemos não a qualquer tentativa de legalização e ou descriminalização da maconha e ou outras drogas, contraponto os argumentos irresponsáveis, manipuladores egoísta de um movimento nacional inconstitucional disfarçado de descriminalização e ou regulamentação que querem na verdade iludir a opinião pública e alienar a população com informações falsas descaracterizando os reais perigos físicos, mentais sociais e familiares presentes no uso da maconha.

Pesquisas internacionais realizadas inclusive por países onde a droga é legalizada constatam o perigo do uso precoce principalmente por crianças e adolescentes que serão os mais expostos ao uso contrariando as diretrizes do estatuto da criança e adolescente que visa à proteção das mesmas.
Sem respaldo da lei, 11.343- de 26 agosto de 2006, que já não criminaliza o usuário será impossível prevenir, argumentar, orientar, esclarecer e educar nossos jovens, incentivando as boas escolhas. Por entender todos esses perigos, precisamos de sua ajuda para fazer valer os direitos da família e do jovem que sonha com um futuro que será bloqueado com acesso fácil e indiscriminado de maconha e outras drogas..

Todo ser humano tem direitos e deveres o meu direito vai onde termina do outro, somos seres sociais dependemos um dos outros,a família é o elo de ligação do ser humano com o mundo, as relações sociais se tornam incapacitantes com uso da droga. Nossa luta deve ser pelo tratamento, prevenção reinserção social, devemos lutar por pesquisas tratamento educando, não propondo uso de droga, e ou criação de narcosalas para uso com patrocínio do governo como querem alguns irresponsáveis.

Não aceitamos legalização de nenhumas drogas basta o álcool e o cigarro que se tornaram o maior problema de saúde pública dos nossos pais, Nosso Brasil não tem suporte, cultural, educacional, nem tão pouco de segurança pública para encarar mais legalização de drogas (cigarro, álcool) faz parte das vias de prevenção a lei e fazer cumprir a lei. Temos que ensinar nossos jovens a serem responsáveis pelos seus atos e incentivar boas escolhas e drogas não é nunca foi uma boa escolha.

Sem hipocrisia e ou utopia nosso movimento pensa no social na família na saúde mental e física de nossa sociedade. Sociedade sem drogas é familia com saúde.

Precisamos de sua ajuda junte-se a nós maconha não, Drogas nem pensar isso sim são segregação, é contra a família.e direito humanos e contra o estatuto da criança e do adolescente que nos incentiva , e determina proteger aqueles que não sabem se proteger.

Qual a sua opinião?
Abaixo-assinado Contra Legalização de Drogas - Por um Tratamento Humano Digno e eficiente - Pela Vida - Sem Drogas, para Presidente da República Federativa do Brasil; Congresso Nacional do Brasil; Supremo Tribunal Federal; foi criado por: Corpo de Psicólogos Pró Família-Maconhanao.-Fenasp.
O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
1.557 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.