Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Abaixo-assinado À Liberdade do Cientista Dr. Hartmut Muller

Para: Presidente da República do Brasil, Supremo Tribunal Federal

A Presidente da Republica Dilma Vana Rousseff

Abaixo assinado de apelo a Presidenta Dilma Rousseff, para que seja vista a situação do cientista Prof Dr. Hartmut Muller na não extradição a Alemanha e conceder a sua Liberdade para que ele mostre ao Mundo as suas fantásticas descobertas.
Este cientista foi injustiçado e perseguido politicamente pelas suas fantásticas descobertas abaixo relacionadas, que inclusive estão demonstrada claramente no youtube a comunidade cientifica nos mais diversos Seminários realizados cientificamente sobre as descobertas que unificará a Física a Nível Mundial.
Pelo fato que a Alemanha não tem tratado de extradição com o Brasil , viemos respeitosamente solicitar a sua excelência que liberte via decreto ao Ministro da Justiça imediatamente Dr Professor,PHD Hartmut Muller, pois esta em condições desumanas preso no estado de Santa Catarina a pedido da Justiça Alemã.

Pela nossa constituição vossa excelência tem o dever de:

1) Defender o meio ambiente e garantir um desenvolvimento sustentável
2) Transformar o Brasil em Potencia Cietifica e Tecnológica
3) Defender a Soberania Nacional, quanto as suas invenções, patentes e tecnologias nacionalmente desenvolvidas.


Queremos os direitos garantidos a todos deste país, aos brancos, pardos, negros e índios, mas queremos que o nosso direito da liberdade acadêmica seja respeitado.

Conforme consta no artigo em Progress in Physics , a liberdade da academia cientifica é garantida a todos os cientistas, e não podemos julgar se uma teoria funciona ou não, mas sim apoiar a todos que dedicam a sua vida na ciência para um mundo melhor e sustentável, que é exatamente as tecnologias que foram criadas e patenteadas aqui no Brasil conforme registro no INPI.


Foi protocolado já no palácio do planalto no dia 24 de outubro de 2012 a entrega de um dossiê que mostra claramente a perseguição politica pelas grandes descobertas e que a humanidade tanto necessita

Tal acusação contra Hartmut Muller é totalmente descabida e será desmascarada ao Mundo que as tecnologias desenvolvidas são verdadeiramente uma revolução na nova Física Moderna.


Clemência e apoio deste governo neste caso é o que pedimos através deste abaixo assinado:

Que a vossa excelência lhe conceda ate a sua prova uma prisão domiciliar, pois não é digno que tal cientista tão renomado esteja nas condições das prisões brasileiras como um qualquer.


Este cientista já recebeu inúmeras condecorações de governos como a mais alta condecoração dada a um cientista da Russia, pelas importantes descobertas, também recebeu cartas de referência de toda a parte do mundo apoiando e fazem parte deste dossiê a vossa excelência, e venho através desta solicitar a sua ajuda. Podemos reunir os esforços para o bem da ciência e da humanidade, assim como fez Einstein.


Necessitamos mobilizar uma estratégia urgente, a fim de resguardar a liberdade cientifica.

Albert Einstein dedicou sua vida em beneficio da ciência. Assim vinha fazendo Hartmut Muller que agora está sendo injustiçado pela justiça Alemã.

Cartas vindo da ESA, Agencia Espacial Europeia e NASA, são provas de sua capacidade e reconhecimento em apoio a Hartmut Muller


As provas que temos na qual a teoria funciona esta pronta a ser mostrada ao Mundo e poderá ser desmascarado tal perseguição, pois todos temos o direito de defesa e é obrigação da nação respeitar estes direitos

Na área médica - Equipamento de Proto-Ressonância capaz de acelerar o nível bioquímico da mitocôndria, proporcionando cicatrizações rápidas, regeneração celular e tantos outras possibilidades a vida humana. Este aparelho trabalha com frequência especifica para cada parte de nosso corpo e obviamente bate de frente com grandes laboratórios .
Prospecção Mineral, tecnologia em descobrir reservas minerais sem qualquer perfuração e suas relativas concentrações dos elementos químicos, obviamente proporcionando uma tecnologia sustentável ao planeta, sem prejudicar os reservatórios dos aquíferos.
Esta tecnologia trará a soberania nacional e riqueza ao nosso pais.

Posicionamento Global - Esta tecnologia funciona sem a necessidade de satélites, pois se baseia, como referência, pela energia das estrelas para seu posicionamento. Funciona sobre a água, dentro túneis com uma precisão acima das tecnologias que utilizam satélites como geo referenciamento.

Segurança de Dados - Tecnologia capaz de gerar duas chaves de 1028 bits em tempo zero em qualquer distancia, em tempo zero. Esta é a única tecnologia que protegerá bilhões de pessoas com fraudes na internet.
Comunicação - Tecnologia de comunicação global sem a necessidade do uso de antenas e sem as altas frequências que prejudicam a saúde de humanos e animais. Funciona via ondas gravitacionais.
Todas estas tecnologias já estão funcionando e por isso deixa claro o motivo desta perseguição a este fantástico cientista que dedicou a sua vida a ciência e agora está preso aqui no Brasil em condições sub-humanas. O sistema carcerário aqui no Brasil é desumano.
Venho através desta, solicitar urgente o apoio deste Governo que não tenhamos uma injustiça com um grande cientista e uma maior velocidade que este caso exige.
Este caso, trata de um dos mais reconhecidos cientistas do mundo por suas novas descobertas publicadas em PROGRESS IN PHYSICS.

Eu Abaixo assinado peço respeitosamente a vossa excelência Presidente do Brasil Dilma Vana Rousseff a Liberdade do Cientista Hartmut Muller



Qual a sua opinião?

O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
939 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Outros Abaixo-Assinados que podem interessar