Petição Pública Brasil Logotipo
Ver Abaixo-Assinado Apoie este Abaixo-Assinado. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Justiça contra o funcionário de um restaurante que matou um cachorro a chutes em novo hamburgo - RS

Para: Ministério Público e demais autoridade do município

Exigimos justiça e punição para o funcionário que trabalha em um restaurante no bairro Vila Nova, em Novo Hamburgo - RS por ter chutado e matado um cão indefeso cego e cardiopata.

Por um descuido de um pedreiro o cachorro em questão fugiu de casa para seguir o tutor até o restaurante onde costuma comprar comida.
O cachorro entrou no restaurante atrás do tutor e se deitou no pé de uma mesa e o funcionário que trabalha nos grelhados ao invés de pedir com educação para que o tutor retirasse o cachorro de dentro do restaurante, ou então apenas o retirasse de lá, deu um chute na cabeça do animal pequeno e indefeso matando na hora.

Diversos estudos internacionais incluindo do FBI, apontam que quem maltrata animais também é capaz de agredir fisicamente seres humanos.
Esses estudos chamaram a atenção da Polícia Militar Ambiental de São Paulo (PMAS). De acordo com essas pesquisas, pessoas que cometem crimes contra animais tendem a fazer o mesmo contra pessoas. De imediato, esse indicador gera duas preocupações, o bem estar dos animais e a segurança das pessoas, afirmou o coronel Milton Sussumu Nomura, comandante da PMAS.
É quase impossível alguém que é cruel com os animais ser generoso com o semelhante.

Maltratar animais é crime legitimado pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605 de 1998 (Lei de Crimes Ambientais)


Qual a sua opinião?
O atual abaixo-assinado encontra-se alojado no site Petição Publica Brasil que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Brasileiros apoiarem as causas em que acreditam e criarem abaixos-assinados online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor do Abaixo-Assinado poderá fazê-lo através do seguinte link Contatar Autor
Já Assinaram
8.423 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine o Abaixo-Assinado.

Abaixo-Assinado criado por:

Contatar Autor